Provérbios Flamengos

Pieter Bruegel, o Velho, foi um importante pintor e gravurista holandês do século XVI. É considerado um dos principais representantes do período Cinquecento (1500-1599) do Renascimento Holandês.

Esta obra é um exemplo da habilidade e da interatividade cômica de Bruegel, na qual são ilustrados mais de cem provérbios e máximas morais em um povoado imaginário, onde impera a estupidez. O tema foi popularizado pelo best-seller “A Nau dos Insensatos” e várias obras da época foram inspiradas no livro.

Provérbios Flamengos pode ter sido inspirado em Capa Azul, de Hogenberg. Na imagem é apresentado, em primeiro plano, um homem rastejando para dentro de um globo, fazendo menção ao ditado “Um homem deve se inclinar se quiser entrar no mundo”.

O cenário complexo cria uma ilusão de perspectiva inédita até então. Também foi introduzida na pintura a interação entre algumas cenas – como o marido enganado de capa azul, que é observado com interesse por duas mulheres que representam um provérbio sobre fofoca, enquanto à sua direita, que dá rosas aos porcos, olha sem acreditar outro ato de loucura. Óleo sobre madeira 117cm x 163cm, pode ser visto na Gemäldegalerie, Staatliche Museen, Berlim, Alemanha.