O que a água me deu

Frida Kahlo foi uma importante pintora mexicana do século XX. É considerada, por alguns especialistas em artes plásticas, uma artista que fez parte do Surrealismo. Porém, a própria Frida negava que era surrealista, pois dizia que não pintava sonhos, mas sua própria realidade. Destacou-se ao defender o resgate à cultura dos astecas como forma de oposição ao sistema imperialista cultural europeu.

Esta pintura também é conhecida como ” O que eu vi na água “. Ao contrário da maioria das pinturas de Frida, este quadro não tem nenhum foco centro dominante. É uma obra simbólica que ilustra vários eventos da vida da artista e incorpora vários elementos de outros trabalhos, bem como alguns que apareceram em suas obras posteriores. O estilo desta pintura é “surrealista” Apesar de Frida mesma nunca ter se considerado “surrealista” e nem sequer conhecia o surrealismo no momento em que este quadro foi pintado. “O que a água deu me deu” eram imagens do passado e do presente, a vida e a morte, conforto e perdas da vida de frida.Óleo sobre tela 91 x 70,5 cm, localizada na coleção de Daniel Filipacchi ,Paris, França.