O beijo

Gustav Klimt foi um pintor simbolista austríaco. Em 1876, estudou desenho ornamental na Escola de Artes Decorativas. Associado ao simbolismo, destacou-se dentro do movimento art nouveau austríaco e foi um dos fundadores do movimento da Secessão de Viena, que recusava a tradição académica nas artes. Klimt foi também membro honorário das universidades de Universidade de Munique e Viena. Os seus maiores trabalhos incluem pinturas, murais, esboços e outros objetos de arte, muitos dos quais estão em exposição na Galeria da Secessão de Viena.

Na obra, Klimt retratou a intimidade de um casal apaixonado. As duas figuras encontram-se em cima de um campo florido, e as cores mais usadas na obra são tons de amarelo, dourado e marrom que aparecem de diversas formas, inclusive no fundo, que é neutro e faz com que mantenhamos o olhar no centro da imagem.